Uso de Rochas em Obras Públicas

O QUE É

Esta iniciativa visa aproximar as governanças em nível municipal, estadual e federal a compreender, cogitar e aplicar o granito em obras públicas nas diferentes finalidades e utilidades a que podem ser consideradas. O processo de extração e industrialização gera o que a indústria chama de ‘rejeitos’, materiais que por condições de extração e/ou beneficiamento não se enquadram nas dimensões e características comerciais convencionais, mas, são prontamente úteis e adequadas para fabricação de meio-fio, paralelos, pisos para praças, ruas e afins, que podem ser aplicados de maneira ecologicamente correta e responsável em obras públicas, podendo, inclusive ser uma alternativa mais econômica.

PRINCIPAIS RESULTADOS

  • Mudar a consciência de que o uso da rocha nos projetos urbanos governamentais pode ser um viés fundamental como  forma de alvancagem do setor.
  • Chamar a atenção da sociedade para o uso de rochas em seus projetos.
  • Chamar a atenção da administração pública global para o uso de rochas em seus projetos urbanísticos e paisagísticos. o da administra

IMPORTÂNCIA PARA O SETOR

  • Explorar um nicho de mercado ainda pouco explorado. 
  • Apelo para mudança cultural, quanto ao uso de rochas em espaços  públicos.
  • Tais obras públicas, podem servir de inspiração para a sociedade quanto ao uso de rochas em seus projetos.